data Categoria: Notícias |  data Postado por redacao há 2 semanas | Imprimir Imprimir
Fortes ondas voltam a castigar a Praia do Mar Moreno e assustam moradores.

Fortes ondas voltaram a castigar a Praia do Mar Moreno e assustaram os moradores nesse sábado (03/12).  O avanço das águas, que vem acontecendo há várias semanas, já levou uma rua inteira, construções, calçamento e na última quarta-feira (29/11) derrubou as instalações onde antes funcionava a Barraca Esquina do Guaiamum.

Várias casas construidas próximas ao litoral belmontense estão em estado de emergência com as ondas batendo às suas portas. A Prefeitura Municipal de Belmonte tentou fazer barreiras para tentar aplacar a fúria da maré, mas o mar levou os grandes montes de areia levantados por máquinas a serviço do município.

mosaico_erosaopraia

Estado de Emergência decretado pela Prefeitura de Belmonte é negado pelo Governo Federal por falta de documentos.

O estado de emergência, decretado pelo Prefeito Janival Borges, já foi homologado pelo Governo da Bahia, mas está tendo dificuldades para ser aprovado pelo Ministério de Integração Nacional. O órgão federal alegou que a Prefeitura de Belmonte não apresentou dentro do prazo os documentos exigidos para o andamento do processo de liberação dos recursos federais para a efetivação das obras de contenção da maré. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente informou que o pedido foi negado pelo Governo Federal, mas que, a Prefeitura de Belmonte entrou com um pedido de reconsideração e espera o posicionamento do Ministério da Integração Nacional.

raimundo_abelha

Enquanto as equipes da Prefeitura de Belmonte batem cabeça para driblar a burocracia, os moradores e comerciantes da Praia do Mar Moreno amargam grandes prejuízos. Os banhistas e surfistas também deixaram de frequentar a praia belmontense por causa do perigo dos escombros deixados pelas construções demolidas pelo mar.

Veja reportagem completa veiculada pela TV Santa Cruz sobre o caso: